Mais uma vez o "VAR" foi o centro das atenções no Beira-Rio, mas nem por isso podemos aqui dizer que o colorado foi "roubado" ou teve "benefício" com a utilização do sistema; pois vamos ser justos, o resultado do placar entre Internacional x Athletico passou longe da tecnologia.

O JOGO:

Na primeira partida de Zé Ricardo no comando técnico do Inter dentro do Beira-Rio, até parecia que a equipe manteria aquela pegada diante do Bahia, na rodada do último final de semana, mas voltamos a ver um Inter pragmático, sem muita vontade por parte de alguns de seus atleta. No entanto, foi o time da casa que abriu o placar, com Lindoso, após lindo cruzamento de Paolo Guerrero. Com o placar desfavorável, o Athletico não se abalou e minutos depois; em uma falha incrível de Zeca viu Madson passar como quis e tocar a bola para Rony deixar tudo igual. Com o placar igualado, o Furacão começou a gostar do jogo e por muito pouco não virou o placar, pressionando o Inter até o final da primeira etapa.

Já no segundo tempo, até que o time da casa tentou resolver o placar. Aos 19 minutos, D’Alessandro tentou um gol de placa, mas a bola bateu na trave. O Inter seguia no ataque, mas se competência e sem tranquilidade, pecavam na hora da finalização. Aos 32 minutos da etapa complementar, logo após ter entrado em campo, Nico López pegou a bola e chutou, a mesma bateu no braço de Márcio Azevedo e depois do árbitro consultar o VAR, marcou pênalti para o Inter. Guerrero pegou a bola para delírio da torcida da casa, porém, o atacante bateu no mesmo canto que Santos cairia e o goleiro do Athletico salvou o Furacão. No lance seguinte, por muito pouco Nico não faria o seu, mas a bola novamente acertou a trave, no rebote a bola sobrou para Paolo Guerrero complementar e mandar para os fundos da rede - porém, o VAR voltou a cena e flagrou Nico López em situação de impedimento, anulando assim o gol colorado; com isso, Inter e Athletico encerraram os noventa minutos com o placar em igualdade - 1 a 1.

Com o empate, o Inter foi quem mais perdeu nesta rodada, perdendo a oportunidade de colar no G-4 e de quebra viu seu rival - Grêmio, o ultrapassar na tabela de classificação. O Inter ao término da 29ª rodada caiu da quinta colocação, para a sexta, com 46 pontos, já o Grêmio está a sua frente, com 47 pontos e no próximo domingo, tem o clássico GRENAL, na ARENA, às 18h, em um jogo de seis pontos que poderá definir os caminhos da dupla no Brasileirão. Já o Furacão se manteve na oitava colocação, com 43 pontos.