Inter perde forças no segundo tempo e cede o empate ao Palmeiras

Os donos da casa até saíram vencendo o confronto diante do Palmeiras, no Beira-Rio, mas na etapa complementar o time de Odair Hellmann cansou e não conseguiu segurar a pressão do Verdão, que por muito pouco não virou o placar - o VAR entrou em ação.

Por Minha Torcida
Compartilhe

No empate polêmico entre Internacional e Palmeiras, neste último domingo, no estádio Beira-Rio, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o que pode se ver - para quem foi ao estádio, é que o time colorado está "fadigado", ou seja, o Internacional chega a metade do segundo tempo exausto; agora resta saber se isso é por falta de preparo físico ou pelo esquema praticado por seu treinador, onde o time joga recuado demais em busca de uma única bola para matar o jogo.

Inter x Palmeiras - Brasileirão 2019.
Inter x Palmeiras - Brasileirão 2019.

O time comandado por Odair Hellmann mandou na primeira etapa e não é exagero dizer que poderia ter matado o jogo no primeiro tempo, mas a carência de um homem de ligação no meio de campo é nítida, com uma lacuna entre o setor de defesa e ataque. Já na etapa complementar - principalmente quando o técnico colorado mexeu exatamente neste setor, ao sacar Nonato, a sua equipe se perdeu; perdendo assim aquele homem de referencia, tendo bolas alçadas da defesa para o ataque ou insistentes bolas pelas laterais, que foram facilmente bloqueadas pelos jogadores do Palmeiras, que conseguiu o seu empate com Willian - o gol colorado foi marcado por Patrick.

O JOGO:

O time da casa teve uma etapa inicial perfeita - tanto que encerrou os primeiros 45 minutos com o placar a seu favor. Mesmo com o Palmeiras tendo chegado com perigo no gol defendido por Marcelo Lomba, o Inter teve mais volume em campo do meio para frente. O gol do Inter veio aos 27 minutos - Heitor tocou para Nico López cruzar na cabeça de Patrick: 1 a 0 para os donos da casa.

Comemoração colorada no gol marcado por Patrick.
Comemoração colorada no gol marcado por Patrick.

Já o segundo tempo foi dos visitantes, conforme já informamos acima. O Palmeiras agora treinado por Mano Menezes logo no primeiro lance da etapa complementar assustou com um chute rasteiro de Gustavo Scarpa. Vale salientar que Mano promoveu uma troca no intervalo, colocando Willian no lugar de Hyoran; ganhando assim mais força ofensiva; tanto que o jogador por muito pouco não empatou o duelo aos 10 minutos; com excelente defesa de Marcelo Lomba. Mas o gol não demoraria muito e ele veio, logo aos 12 minutos, com um belíssimo gol de fora da área, sem chance para o goleiro do Inter. Com o empate no placar, o Inter precisou novamente voltar a atacar, mas sem forças para isso e aos 40 minutos, o gol "polêmico" anulado pelo VAR - antes de concluir a gol, a bola tocou na mão de Willian. Por fim, Inter e Palmeiras deixaram o gramado do Beira-Rio com um ponto para cada lado, no empate em 1 a 1.

Lance polêmico revisto pelo VAR.
Lance polêmico revisto pelo VAR.

Com a igualdade, o Palmeiras que está à caça do Flamengo na liderança do Brasileirão, permaneceu com 46 pontos e segue na segunda colocação - a três pontos do líder; já o Internacional foi a 37 pontos e caiu uma colocação, saindo do G-4, encerrando a 22ª rodada na quinta colocação na tabela.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal