Bahia está livre de punição por contratação de jogadores, concluí a CBF

A CBF revelou nesta última quinta-feira que o clube baiano não cometeu nenhuma irregularidade nas inscrições de jogadores contratados de outros times da Séria A do Campeonato Brasileiro.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Nada de errado nas regularizações de jogadores do Bahia - pelo menos é essa a conclusão da Confederação Brasileira de Futebol - CBF, que revelou nesta última quinta-feira que o clube baiano não cometeu nenhuma irregularidade nas inscrições de jogadores contratados de outros times da Séria A do Campeonato Brasileiro.

Assim, o Bahia não corre o risco de perder pontos na maior competição nacional pela contratação de seis atletas que tinham vínculo com outros clubes que disputam a Série A do Brasileirão.

Bahia no Brasileirão.Bahia no Brasileirão.

Através de seus departamentos jurídicos, registros e de competições, a CBF analisou e chegou à conclusão que o clube em questão não burlou nenhum regulamento pelos seguintes motivos:

- Dois dos atletas contratados pelo Bahia não estavam sequer inscritos no Campeonato Brasileiro da Séria A. Casos do atacante Lucca - emprestado pelo Corinthians e do zagueiro Wanderson - comprado do Athletico;

- Lucca e Wanderson estavam emprestados para clubes de outros países. O atacante no Al-Rayyan - do Catar e o zagueiro no Shimizu - do Japão;

- Excluídos Lucca e Wanderson, o Bahia contratou mais quatro jogadores da Série A, dentro do limite previsto no regulamento. Os outros quatro, por empréstimo, são: Marllon, Juninho, Ronaldo e Guerra.

Fora os motivos acima descritos, a CBF também concluiu que o limite de sete jogadores contratados de outros clubes da mesma série só vale em caso de empréstimo e que compras em definitivo estão liberadas - lembrando o caso da Chapecoense, que havia passado pelo desastre aero em 2016 e precisava contratar novos jogadores.

Assim, Wanderson também está fora da referida lista, pois foi comprado junto ao Athletico, o que dá ao Bahia o número de cinco jogadores vinculados a clubes da Séria A - contratados por empréstimo; o que o livra de risco de sofrer alguma punição.

Vale aqui ressaltar que nenhum clube procurou o STJD ou a CBF para denunciar o caso do Bahia.

Mais sobre: bahia cbf inscricao
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal