Confira a provável escalação do Corinthians para o duelo contra o CSA, pelo Brasileirão

Com objetivos completamente distintos no campeonato, o Corinthians enfrenta o CSA, com grande favoritismo. Partida será neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Após um primeiro semestre de altos e baixos, o Corinthians busca afirmação neste restante de temporada, para alcançar os seus objetivos. Em meio a isso, o time de Fábio Carille tem um duelo importante contra o CSA, em casa, neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians.

A maior novidade para a torcida do Timão na partida deste domingo será a estreia do mais novo reforço do time paulista para o restante da temporada: O zagueiro Gil. Contratação anunciada nesta semana, o recém-chegado e ídolo da torcida corintiana deve estar em campo na partida deste fim de semana, ao lado de Manoel na dupla de zaga.

Para a partida, Fábio Carille terá força máxima, e o provável time do Corinthians para o duelo deste fim de semana tem: Cássio; Fágner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso e Sornoza; Pedrinho, Clayson e Vágner Love.

Corinthians se prepara para o duelo contra o CSA. (Foto: Divulgação)Corinthians se prepara para o duelo contra o CSA. (Foto: Divulgação)

 

Atualmente na 10ª colocação na tabela, o Corinthians sabe que tem o favoritismo no duelo contra o CSA, e caso vença a partida, pode chegar à 6ª posição. Sabendo disso, a torcida do time alvinegro deve comparecer em peso para o jogo deste domingo, e a expectativa de público da diretoria do Corinthians é de 30 a 36 mil pessoas.

O segredo do favoritismo do Corinthians pode ser resumido em sua solidez defensiva. Com um ataque que não assusta e marcou apenas sete gols em nove jogos do Campeonato Brasileiro, o Timão orgulha-se de possuir, novamente, uma grande defesa – a segunda melhor do torneio com cinco gols sofridos, atrás apenas do Palmeiras que levou dois gols em nove rodadas da Série A. A chegada do zagueiro Gil deve, em teoria, melhorar os números defensivos do Timão, principalmente na bola aérea e a saída de bola – que era um pesadelo com Henrique, Manoel e Ralf. 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal