O protagonismo e as excelentes atuações do meia venezuelano Soteldo fizeram com que o jogador sofresse um forte assédio dos clubes europeus nesta janela de transferências. E, segundo o presidente do clube, Luiz Carlos Peres, uma proposta milionária foi recebida, e prontamente recusada pelos dirigentes do Santos.

Segundo o mandatário, o Atlanta United, dos Estados Unidos, demonstrou interesse em contratar Soteldo. Para isso, enviou uma proposta oficial de cerca de 17 milhões de euros ( aproximadamente 74 milhões de reais) para contar com o meia. Entretanto, o valor não foi o suficiente para que Soteldo trocasse a Vila Belmiro pelos Estados Unidos:

"Já ganhamos três vezes o que pagamos. É um jogador valorizado, porque ele faz o espetáculo e dribla. Ele é o nosso pequeno polegar. Fomos muito criticados por ele ser baixinho. Mas está aí o resultado. Todo mundo quer o Soteldo. Ele não vai embora. Posso garantir. Temos uma proposta de 17 milhões de euros e somos donos de 50% dos direitos econômicos. Mas ele só sai por 50 milhões de euros", disse Peres, à Santa Cecília TV.

Soteldo recebeu proposta do futebol dos EUA. (Foto: UOL)
Soteldo recebeu proposta do futebol dos EUA. (Foto: UOL)

 

Soteldo foi a primeira contratação do Santos em 2019. O Peixe pagou 3,5 milhões de dólares (R$ 13 mi) para tirá-lo do Huachipato (CHI), a pedido de Jorge Sampaoli. Mesmo com o pouco tempo no futebol brasileiro, o jogador já demonstra ter muita qualidade e é um dos principais atletas do time comandado pelo técnico Jorge Sampaoli.

O camisa 10 tem 27 jogos na temporada e disputa a Copa América pela seleção venezuelana. A "Vinotinto" está classificada para as quartas de final.