Após julgamento no STJD, resultado de Palmeiras e Botafogo está mantido

Após julgamento no STJD, ocorrido nesta terça-feira, ficou decidido que o Palmeiras terá os três pontos da vitória diante do Botafogo, e a partida não será anulada.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O STJD (Superior Tirbunal de Justiça Desportiva), decidiu de forma unânime, nesta terça-feira, que o resultado da partida entre Botafogo e Palmeiras, que acabou com vitória da equipe paulista por 1x0, deve ser mantido. 

Todos os 9 votos foram contra a anulação da partida, que foi válida pela 6ª rodada do campeonato brasileiro:Decio Neuhaus (relator), Otávio Noronha (vice-presidente do STJD), Ronaldo Piacente (vice-presidente administrativo), João Bosco Luz (auditor), José Perdiz (auditor), Mauro Marcelo de Lima e Silva (auditor), Arlete Mesquita (auditora), Antônio Vanderler (auditor) e Paulo César Salomão Filho (presidente do STJD).

Com isso, os três pontos que estavam ocultados na tabela de classificação do Brasileirão voltam a pertencer ao Palmeiras, que é líder isolado da competição, com 25 pontos, tendo 5 de vantagem para o vice-líder Santos.

Julgamento do pedido de anulação da partida entre Botafogo e Palmeiras aconteceu nesta terça-feira. (Foto: Hector Werlang)Julgamento do pedido de anulação da partida entre Botafogo e Palmeiras aconteceu nesta terça-feira. (Foto: Hector Werlang)

 

Como o resultado foi julgado pela última instância na justiça brasileira, o Botafogo pode recorrer da decisão no TAS (Tribunal Arbitral do Esporte), com sede na Suíça.

– Isso (possível recurso) vai ser conversado internamente, mas é evidente que o resultado não era o esperado pelo Botafogo, que tem plena convicção de que houve erro de direito e que seria o caso, sim, de uma anulação de partida. Respeitamos o resultado do Tribunal e discutiremos internamente – disse o advogado do Botafogo, Anibal Rouxinol.

Este resultado deve fazer com que novos possíveis pedidos de anulação de jogos por conta de má utilização do VAR sejam encerrados. Já houveram 2 manifestações informais de que este pedido seria feito até o momento, e a decisão de certa forma, deve frear este tipo de manifestação por parte dos clubes. 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal