Minha Torcida Logo

CBF anuncia o cronograma do Conselho Técnico da Série A do Campeonato Brasileiro

Entre as mais importantes estão à inclusão do “VAR” nas 380 partidas do Brasileirão, o limite para a troca de técnicos e de inscrições para jogadores – além destas pautas, a CBF também irá apresentar a nova competição a ser realizada em 2020.

Por
Compartilhe

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na última noite de quinta-feira as pautas que serão debatidas no Conselho Técnico da Série A do Campeonato Brasileiro, que terá início nesta sexta-feira.

Entre as mais importantes estão à inclusão do “VAR” nas 380 partidas do Brasileirão, o limite para a troca de técnicos e de inscrições para jogadores – além destas pautas, a CBF também irá apresentar a nova competição a ser realizada em 2020 – trata-se da Supercopa do Brasil, que nada mais é, que a disputa para ver qual é o melhor time do ano anterior em um confronto em jogo único entre o vencedor da Copa do Brasil, contra o vencedor do Brasileirão – Série A, no ano seguinte as mesmas.

A utilização do VAR no Brasileirão 2019 dependerá da aprovação da maioria dos 20 clubes participantes.A utilização do VAR no Brasileirão 2019 dependerá da aprovação da maioria dos 20 clubes participantes.

Em relação ao “árbitro de vídeo” na Série A deste ano, a entidade já manifestou que irá arcar com os custos com a tecnologia e com a infraestrutura da mesma, cabendo aos clubes somente os custos das despesas com a arbitragem, ou seja, com os custos de quem irá comandar o “VAR”, assim como já fazem com os árbitros de campo.

É bom deixar bem claro que antes da implementação do sistema já em 2019, será mais uma vez preciso passar por votação, onde a maioria dos clubes precisam aprovar para que o VAR seja utilizado já neste campeonato. Em 2018 o placar foi de 12 a 7 para o “não” uso do sistema.

Rogério Caboclo - vice-presidente da CBF.Rogério Caboclo - vice-presidente da CBF.

Rogério Caboclo – futuro presidente da CBF declarou nesta última quinta-feira que pretende “elevar o patamar” do futebol nacional.

“Queremos elevar o patamar do Campeonato Brasileiro e para isso, apresentaremos aos clubes uma pauta integrada, que passa pela arbitragem, pelos aspectos técnicos das partidas e pelo público nos estádios”, revelou ele durante a apresentação do cronograma acima citado.

Entre as propostas sugeridas pela entidade, também está o limite de troca de técnicos durante a Série A, que de acordo com a CBF, será de apenas “um” por clube durante a disputa do Brasileirão e a inscrição de jogadores pelos clubes – a CBF quer determinar o limite para 40 atletas somente.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais