CBF anuncia o cronograma do Conselho Técnico da Série A do Campeonato Brasileiro

Entre as mais importantes estão à inclusão do “VAR” nas 380 partidas do Brasileirão, o limite para a troca de técnicos e de inscrições para jogadores – além destas pautas, a CBF também irá apresentar a nova competição a ser realizada em 2020.

Por Minha Torcida
Compartilhe

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na última noite de quinta-feira as pautas que serão debatidas no Conselho Técnico da Série A do Campeonato Brasileiro, que terá início nesta sexta-feira.

Entre as mais importantes estão à inclusão do "VAR" nas 380 partidas do Brasileirão, o limite para a troca de técnicos e de inscrições para jogadores - além destas pautas, a CBF também irá apresentar a nova competição a ser realizada em 2020 - trata-se da Supercopa do Brasil, que nada mais é, que a disputa para ver qual é o melhor time do ano anterior em um confronto em jogo único entre o vencedor da Copa do Brasil, contra o vencedor do Brasileirão - Série A, no ano seguinte as mesmas.

A utilização do VAR no Brasileirão 2019 depender da aprovação da maioria dos 20 clubes participantes.
A utilização do VAR no Brasileirão 2019 dependerá da aprovação da maioria dos 20 clubes participantes.

Em relação ao "árbitro de vídeo" na Série A deste ano, a entidade já manifestou que irá arcar com os custos com a tecnologia e com a infraestrutura da mesma, cabendo aos clubes somente os custos das despesas com a arbitragem, ou seja, com os custos de quem irá comandar o "VAR", assim como já fazem com os árbitros de campo.

É bom deixar bem claro que antes da implementação do sistema já em 2019, será mais uma vez preciso passar por votação, onde a maioria dos clubes precisam aprovar para que o VAR seja utilizado já neste campeonato. Em 2018 o placar foi de 12 a 7 para o "não" uso do sistema.

Rogério Caboclo - vice-presidente da CBF.
Rogério Caboclo - vice-presidente da CBF.

Rogério Caboclo - futuro presidente da CBF declarou nesta última quinta-feira que pretende "elevar o patamar" do futebol nacional.

"Queremos elevar o patamar do Campeonato Brasileiro e para isso, apresentaremos aos clubes uma pauta integrada, que passa pela arbitragem, pelos aspectos técnicos das partidas e pelo público nos estádios", revelou ele durante a apresentação do cronograma acima citado.

Entre as propostas sugeridas pela entidade, também está o limite de troca de técnicos durante a Série A, que de acordo com a CBF, será de apenas "um" por clube durante a disputa do Brasileirão e a inscrição de jogadores pelos clubes - a CBF quer determinar o limite para 40 atletas somente.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal