Vitória do Sport sobre o Ceará na Série A decreta o rebaixamento do Paraná Clube

Com 18 pontos na tabela, o Paraná não pode mais chegar aos 36 pontos do time pernambucano, que é o primeiro time fora do “Z-4”.

Por
Compartilhe

E a “Série A” do Brasileirão já tem seu primeiro time rebaixado – trata-se do Paraná Clube, que devido a vitória do Sport sobre o Ceará na última noite de segunda-feira, pelo placar de 1 a 0, automaticamente deixou a equipe paranaense sem chances de alcançá-los, com isso, a confirmação do rebaixamento a “Série B” em 2019 com seis rodadas de antecedência.

Gabriel ao lado de Hernane - Brocador, foi o autor do gol do Sport.Gabriel ao lado de Hernane - Brocador, foi o autor do gol do Sport.

Em um confronto direto para se livrar do “Z-4” – até mesmo entre as três equipes (Ceará, Sport e o próprio Paraná), o Sport recebeu a equipe do Ceará em seu estádio e com o apoio de sua torcida, conseguiu vencer o time comandado por Lisca pelo placar de 1 a 0, o que contribuiu para com que o Sport saísse da incômoda 18ª colocação, empurrando assim o América-MG para a referida posição e o Vitória para a “zona de rebaixamento” na 17ª posição na tabela de classificação – que de quebra como já manifestamos acima, decretou então o rebaixamento matemático do Paraná, que com 18 pontos na tabela, não pode mais chegar aos 36 pontos do time pernambucano, que é o primeiro time fora do “Z-4”.

Paraná é o primeiro time da Série A matematicamente rebaixado em 2018.Paraná é o primeiro time da Série A matematicamente rebaixado em 2018.

Ao final da 32ª rodada do Brasileiro – agora com todos os jogos completos, o Sport ficou na porta do “Z-4”, na 16ª colocação, com 36 pontos – dois pontos a mais que o Vitória, primeiro time dentro da zona da degola; por sua vez, o Ceará que perdeu o confronto, caiu duas posições; onde o time cearense agora ocupa a 15ª colocação, voltando a se aproximar perigosamente do rebaixamento com apenas 37 pontos. Acima do Ceará, estão Botafogo e Vasco, com 38 pontos e que também correm sérios perigos de caírem para a segunda divisão do Brasileirão, em 2019.

Comentários