Internacional só empata com Santos no Beira-Rio e se distancia do Palmeiras

Mesmo com o empate, o Colorado continua invicto em seus domínios, entretanto, o mesmo não foi um bom resultado, uma vez que o Palmeiras venceu na rodada e abriu cinco pontos de vantagem.

Por
Compartilhe

Inter e Santos empatam em noite de lambança da defesa colorada e cena lamentável da arbitragem.

Em uma partida que era fundamental para as pretensões dos dois times, um empate com gosto de derrota ficou na cabeça dos mais de 40 mil torcedores do time gaúcho que prestigiaram a grande partida no Beira-Rio, nesta última segunda-feira.

Fabiano, do Inter, no lance que culminou no empate santista.Fabiano, do Inter, no lance que culminou no empate santista.

O time da casa marcou primeiro, com Leandro Damião aproveitando um rebote da defesa santista ainda na primeira etapa. O gol de empate saiu dos pés de Gabigol – o artilheiro do Brasileirão no segundo tempo – um golaço, sem chances para Marcelo Lomba. Mas o Inter que procurava voltar a vice-liderança do campeonato e com isso ficar próximo do líder Palmeiras, foi a luta e conseguiu voltar a frente do placar, com uma arrancada de Nico López em um contra-ataque fulminante que acabou com o gol de Patrick. Porém, em uma falha grotesca da defesa dos donos da casa aos 33 minutos da etapa complementar, quando Marcelo Lomba não segurou um chute do ataque do Santos, Fabiano ao invés de colocar a bola para escanteio, se atrapalhou com a chegada de Rodrigo Dourado e outro jogadores e ao tentar que o goleiro colorado isolasse a bola, colocou a mesma contra a sua própria meta – frustrando assim os mais de 40 mil torcedores que esperavam por mais uma vitória do Inter no Beira-Rio.

Mesmo com o empate, o Colorado continua invicto em seus domínios, entretanto, o mesmo não foi um bom resultado, uma vez que o Palmeiras venceu na rodada e abriu cinco pontos para o Internacional, que agora é o terceiro colocado na tabela de classificação, com 57 pontos – um a menos que o Flamengo, que tomou a vice-liderança do clube gaúcho.

A arbitragem mais uma vez nesse Brasileirão apareceu mais que os jogadores.A arbitragem mais uma vez nesse Brasileirão apareceu mais que os jogadores.

Mas o mais lamentável mesmo foi à cena patética que a arbitragem do jogo protagonizou no segundo tempo. Aos nove minutos de partida da etapa complementar, Victor Cuesta e Sánchez dividiram na boca da grande área e a bola sobrou para Leandro Damião, que mandou para os fundos das redes santistas, porém, o árbitro marcou impedimento no lance e a partir daí iniciou uma verdadeira cena papelão da arbitragem, que paralisou a partida por cinco minutos, onde seis pessoas da arbitragem, entre eles o árbitro, bandeiras e auxiliares nitidamente não sabiam o que fazer – uma vez que o Inter reclamava da anulação alegando que a bola havia partido do jogador santista e assim não havia impedimento no lance, mas após toda a cena lamentável, o Sr. Ricardo Marques Ribeiro (árbitro da partida) confirmou a anulação do gol colorado.

Como no próximo domingo tem as eleições para o segundo turno para presidente e governador no país, a 31ª rodada do Brasileirão será antecipada, com isso o Internacional volta a campo já nesta próxima sexta-feira, às 21h30, onde encara o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. Por sua vez, o Santos jogará no sábado, às 16h30 na Vila Belmiro, contra o Fluminense.

 

Comentários