Com a saída de Chamusca, Ceará anuncia a chegada de Jorginho

Jorginho, novo técnico do Ceará, iniciou sua carreira de treinador em 2005, quando dirigiu o América-MG – ele também tem passagens como treinador por Goiás, Figueirense, Flamengo, Ponte Preta, Kashima Antlers, Al-Wasl, Vasco e Bahia.

Por
Compartilhe

Cai o primeiro treinador na Série A, do Brasileirão. Marcelo Chamusca não aguentou após mais uma derrota do Ceará – a última para o Vitória, por 2 a 1, no último domingo. Para o seu lugar, o clube anunciou a chegada de Jorginho, que estava sem clube desde que deixou o comando técnico do Bahia, em julho do ano passado.

Jorginho está desempregado desde que foi demitido do Bahia, em 2017.Jorginho está desempregado desde que foi demitido do Bahia, em 2017.

Jorginho que chega ao clube ainda nesta semana, já deverá comandar o time contra o Grêmio, às 19 horas, na Arena Castelão, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Sem vencer até agora na Série A, o Ceará ocupa atualmente a 19ª colocação do campeonato, com três pontos somados – em seis jogos disputados, são três empates e três derrotas.

Com a chegada do novo comandante técnico, o Ceará já no próximo domingo, contra o melhor time do Brasil, tentará buscar a recuperação do clube na competição. Com uma semana cheia de trabalho, Jorginho poderá apontar para a direção, reforços e dispensas e quem sabe, começar a dar ao time, uma identidade.

Em nota, Jorginho comentou a respeito de sua contratação; veja abaixo um trecho da mesma:

“Estou muito feliz por ter sido lembrado por esse clube. Temos dois objetivos a partir de agora, e que são muito importantes. O Nordestão e a permanência na Série A. Iremos em busca de sair dessa situação. Conheço muito bem a torcida do Ceará. É forte, apaixonada e presente. O apoio nesse momento será muito importante. A Série A é bem difícil, temos que matar um leão a cada jogo, mas é possível, sim, realizarmos um bom trabalho”, destacou o novo treinador do clube.

Recém contratado pelo Ceará, Jorginho iniciou sua carreira de treinador em 2005, quando dirigiu o América-MG, depois disso foi auxiliar técnico de Dunga, na Seleção Brasileira – ele também tem passagens como treinador por Goiás, Figueirense, Flamengo, Ponte Preta, Kashima Antlers, Al-Wasl, Vasco da Gama e Bahia.

 

Mais sobre: ceara jorginho chamusca
Comentários