Felipe Melo ironiza árbitro que anulou gol do Palmeiras diante da Chapecoense

“Mostre o impedimento do Antônio Carlos e ganhe uma camisa do Palmeiras”. descreveu Felipe Melo em suas redes sociais.

Por
Compartilhe

O volante palmeirense, Felipe Melo está de cara com a arbitragem do confronto diante da Chapecoense pelo Brasileirão-2018. Através de seu perfil nas redes sociais, o atleta ironizou a decisão do árbitro, Igor Benevenuto, que anulou o gol marcado pelo zagueiro Antônio Carlos no último lance do jogo.

Volante palmeirense ironizou a arbitragem da partida.Volante palmeirense ironizou a arbitragem da partida.

“Promoção não válida para árbitro básico, auxiliares, auxiliares de linha de fundo, auxiliares dos auxiliares, quarto, quinto, sexto..., árbitro de vídeo, árbitro de foto, árbitro que vai ao estádio para engordar o borderô e árbitro chefe de todos os árbitros”, descreveu o volante em suas redes sociais.

Em outra publicação, Felipe Melo publicou uma imagem do momento em que Dudu cruza a bola para Antônio Carlos cabecear para o gol com a seguinte pergunta: “Mostre o impedimento do Antônio Carlos e ganhe uma camisa do Palmeiras”.

Vale lembrar que o Palmeiras ainda segue na tentativa de impugnar a final do Paulistão-2018 diante do Corinthians por acreditar que houve interferência externa na arbitragem de Marcelo Aparecido.

Já o técnico Roger Machado, preferiu não falar a respeito da arbitragem ao comentar sobre a partida diante do time catarinense, porém, os jogadores e não somente Felipe Melo, reclamaram e muito sobre o lance, principalmente Antônio Carlos – o autor do gol anulado pelo árbitro da partida; outros que também não gostaram nada da arbitragem foram Dudu e Moisés.

"Enquanto não tiver árbitro de vídeo, esses lances pequenos vão acabar gerando dúvida. Mas tem clubes que não aceitam ou não quiseram que tivesse o árbitro. Talvez porque já tenham de alguma outra forma", disse Moisés.

Já o capitão do Palmeiras mesmo não concordando com a decisão da árbitragem, disse que o erro não pode servir de desculpas para o empate em casa.

"Fizemos um gol legítimo que anularam. Rodada atrás falaram que estavam ajudando, que tinha esquema pra gente... Agora vamos ver essa semana o que vão falar. Quando erra contra a gente todo mundo fala. Não adianta falar que é "chororô", não é. Erra contra a gente dentro do nosso estádio sempre. Isso não é desculpa. Fizemos um bom jogo, contra um time que entrou com quatro volantes e depois colocou três zagueiros. Não veio para jogar e temos consciência disso. É revoltante. Tem o bandeira ali só para fazer isso. O cara está ali para fazer isso e prejudica a gente. Acho que não fazem por maldade, mas fazem porque são mal preparados mesmo. Não tem como... Erra aqui, erra em outro estádio, erra contra outros times. Não vai mudar nunca isso no nosso campeonato" falou o camisa 7.

 

Comentários