Nelsinho Batista não é mais treinador do Sport

Em entrevista coletiva no CT do clube, ele deu suas explicações a respeito de sua decisão.

Por
Compartilhe

Menos de 24 horas depois do empate em 1 a 1 contra o Botafogo nesta última segunda-feira em partida válida pela segunda rodada do Brasileirão-2018, o comandante técnico do Sport Recife convocou uma entrevista coletiva, nesta terça-feira, no CT do clube para anunciar sua saída.

 

Nelsinho Batista - treinador.Nelsinho Batista - treinador.

O comunicado de Nelsinho Batista pegou a todos os presentes de surpresa, visto que a torcida chegou a aplaudir o time após o empate contra o Botafogo pelo brasileirão, na noite de segunda-feira, na Ilha do Retiro.

Vale salientar que nos bastidores do clube, o ambiente não estava bom e se o Sport viesse a perder a partida desta última segunda-feira, a demissão do técnico era dada como certa. O que provocou Nelsinho a pedir seu desligamento do clube foi à entrevista dada pelo diretor de futebol do Sport – Leonardo Lopes, antes do confronto diante dos cariocas.

Nelsinho Batista à frente nesta sua segunda passagem pelo time pernambucano só acumulou fracassos. Foi eliminado da Copa do Brasil logo na segunda fase da competição, para o Ferroviário, depois caiu fora do Campeonato Pernambucano na semifinal da competição e não conseguiu vencer nas duas primeiras rodada da Série A, deixando a equipe na 17ª colocação do brasileirão, com um ponto apenas.

Em sua entrevista, Nelsinho Batista foi bem curto e duro em suas palavras ao dizer que está fora do clube por não conseguir trabalhar ao lado de pessoas falsas, que enganam.

“Quero aqui comunicar que estou fora do Sport. Não consigo trabalhar com pessoas que enganam e são falsas com todo mundo. Gostaria de fazer uma colocação. Estou fazendo uma coletiva e estou usando da mesma forma que os diretores usaram um áudio que vazou ontem. Eu fiquei sabendo desse áudio, ouvi e para consumar minha demissão, só faltou à derrota do Sport. Então, eu, vendo isso, convoquei vocês e agradeço pelo comparecimento. Trato as pessoas do jeito que elas me tratam. Estou aqui para dizer que o que foi feito, foi uma covardia. Em partes tenho que aceitar o que foi dito, mas eles estão aqui todos os dias nos acompanhando. Porque como treinador, tenho que viver com cobranças, pressões, porque no futebol brasileiro é assim. Agora existe uma grande mentira no final. Quando esse sujeito diz que, nesta semana, ele deu totais condições de trabalho para a gente ir para o jogo de ontem. Mentira. Nem no CT ele apareceu”, declarou o então ex-treinador do time pernambucano.

Nelsinho Batista após nove anos fora do Brasil treinando no futebol japonês voltou ao Brasil para comandar o Sport Recife em sua segunda passagem como técnico. Na primeira ele conquistou o Campeonato Pernambucano de 2008 e 2009; além da Copa do Brasil de 2008, uma das maiores conquistas do clube. Na atual temporada, Nelsinho Batista comandou o Sport em 17 jogos, sendo que destas venceu sete, empatou sete e perdeu apenas três partidas.

 

 

Comentários