Conforme já havíamos descrito aqui mesmo em nosso site, dando a informação de que o volante Yaya Touré estaria interessado em jogar na América do Sul e que estaria de olho no futebol brasileiro, como uma das opções, nesta segunda-feira o Botafogo confirmou que se animou com essa possibilidade e depois de trazer Keisuke Honda ao "alvinegro", não descarta a possibilidade da chegada de mais um bom estrangeiro ao time.

Mas para que isso possa se tornar realidade, o clube carioca em questão busca recursos financeiros antes de apresentar uma proposta ao marfinense - que está livre no mercado depois se desligar do Quindao Hunghai - da China.

Na imagem, Yaya ainda defendia o Manchester City.
Na imagem, Yaya ainda defendia o Manchester City.

De acordo com as informações de Carlos Augusto Montenegro - um dos líderes do Comitê Executivo de Futebol do Botafogo, o "alvinegro" irá em busca de investidores externos que possam ajudar nesta negociação financeiramente e com isso possam viabilizar a chegada do meio-campista de 36 anos.

Porém, o Botafogo salienta que essa negociação é complicada, lembrando que não existem recursos para oficializá-la e para isso a direção do clube tenta atrair o atleta com o projeto - Yaya chegaria ao "alvinegro" sem custos alguns - uma vez que está sem clube, no entanto, o Botafogo tenta buscar "dinheiro" para viabilizar os custos mensais do meio-campista, em uma ação de marketing semelhante à utilizada com Honda.