Depois do próprio reforço confirma a sua chegada ao "Alvinegro Carioca", o Botafogo comunicou que a negociação por Keisuke Honda havia sido finalmente finalizada em suas redes sociais. O meio-campista japonês de 33 anos deu a seguinte declaração em um vídeo em sua conta no Twitter:

"Oi, tudo bem? Eu sou Keisuke Honda, muito prazer. Eu jogo no Botafogo. Vamos nos ver no Rio de Janeiro. Até logo, obrigado, tchau".

Logo após esse vídeo postado pelo atleta, o Botafogo anunciou a contratação através de "outro" vídeo em suas redes. No clube, o clima era de otimismo total desde a última segunda, quando uma reunião entre as partes praticamente definiu a contratação do meio-campista. Como ainda faltavam outras pendências contratuais, o jogador chegou a negar na última terça o acerto, que já estava encaminhado desde então. Ele receberá um salário fixo mensal e adicional por metas alcançadas.

Honda - novo reforço do Botafogo.
Honda - novo reforço do Botafogo.

Além disso, o japonês receberá 20% de toda a comercialização de marketing que o clube fizer com ele.

O japonês aos 33 anos traz em seu currículo passagens por grandes clubes na Europa, bem como: Milan e CSKA, além da presença em três Copas do Mundo. Pela seleção o meia marcou 37 gols em 98 jogos. O último clube no exterior de Honda foi o Vitesse - da Holanda.

Em seu novo clube, ele terá como principais concorrentes outros dois recém-contratados: Bruno Nazário, atual titular e camisa 10 e Gabriel Cortez, equatoriano que vem do Guayaquil City e ainda não foi anunciado.

Honda chega para ser o grande nome de um Botafogo que perdeu algumas referências desde a última temporada, como João Paulo, Diego Souza e Gabriel. O jogador será apenas o sexto do elenco acima dos 30 anos de idade. Além dele, Gatito, Carli, Guilherme Santos, Cícero e Diego Cavalieri são os outros veteranos.