O futebol brasileiro parece voltar a se tornar em uma "vitrine" atrativa para alguns jogadores de fora do país - assim como já ocorreu com o espanhol Pablo Marí - do Flamengo, agora parece que o Botafogo irá apostar em um jogador que não seja da América do Sul ou quem sabe podemos dizer que o jogador em questão é que poderá apostar em um clube brasileiro.

Estamos falando em Keisuke Honda - um dos astros da seleção japonesa nos anos 2000 que pode estar a caminho do Brasil para acertar a sua chegada ao "Alvinegro Carioca".

Segundo as últimas informações a respeito do atleta, as mesmas indicam que o meia japonês já informou o "comitê executivo" de futebol do Botafogo nesta terça-feira que aceitou a proposta do clube e viajará ao Rio de Janeiro até o próximo final de semana para acertar os últimos detalhes do contrato - que terá validade por uma temporada.

Honda - futuro reforço do Botafogo.
Honda - futuro reforço do Botafogo.

O jogador asiático chegara com uma cláusula de produtividade. A informação oficial foi repassada através de um boletim do "Conselho Executivo" ao site esportivo que trata de assuntos do clube - o "FogãoNet", nesta madrugada.

O acordo entre o clube carioca e o jogador japonês ainda inclui projetos de marketing, visando o sonho do atleta em poder disputar os jogos "Olímpicos de Tóquio", no mês de julho - em sua terra natal. Honda sonha em ser um dos três veteranos presentes na lista de convocados para reforçar a seleção sub-23 na competição.

Se o Botafogo confirmar a chegada do jogador em questão, estará ele anunciando a inclusão do seu sexto estrangeiro no elenco botafoguense para a temporada. Vale lembrar aqui que a CBF permite apenas cinco atletas de fora do país por partida organizada pela entidade.

O "Fogão" já conta com os seguintes jogadores estrangeiros em seu plantel: o argentino - Joel Cari, o paraguaio Gatito Fernández, os peruanos - Alexander Lecaros e Federico Barrendeguy e o equatoriano - Gabriel Cortez.