Mas já? Sim! Mas do que estamos falando; calma eu explico. Estou aqui me referindo no anúncio do Botafogo, que cansou de esperar pelo Sr. Ramón Díaz, que teoricamente deveria ser o comandante técnico do time na atualidade, mas por problemas de saúde, não pode treinar a equipe desde sua contratação e por esse motivo está fora.

Sim, Ramón Díaz não é mais o "treinador" do Botafogo, que para seu lugar anunciou a volta de um velho conhecido da torcida "alvinegra". Eduardo Barroca foi divulgado na manhã desta sexta-feira, na mesma nota que comunicou a saída de Ramón Díaz e toda sua comissão técnica. Barroca ainda comanda o seu último treino no Vitória, para assim assumir o "Fogão" neste sábado.

Ramón Díaz - chegada e saída

O técnico argentino que havia sido recentemente anunciado como mais novo treinador do clube aqui em questão, um dia após seu anúncio retornou para o Paraguai, onde passou por um procedimento cirúrgico e desde então vem se recuperando; o mesmo deve ganhar alta do hospital no dia 07 de dezembro e por esse motivo é que a direção do "alvinegro" cansou de esperar por ele - tempo curto para o fim da temporada e por conta disso resolveu dar fim nesta história. Com a comissão técnica de Ramón, o Botafogo sofreu 3 derrotas, em 3 jogos, tendo Emiliano Díaz (filho e auxiliar do treinador) a beira do gramado.

Eduardo Barroca - o retorno

Com o fim de contrato com Ramón Díaz e sua comissão técnica, Eduardo Barroca que até hoje ainda comandava o Vitória - da Bahia, na Série B do Brasileirão, irá ocupar o lugar vago; lembrando que o profissional aqui em questão já conta com uma passagem pelo Botafogo, no último ano, onde comandou o time por seis meses, tendo obtido na época 10 vitórias, 3 empates e 14 derrotas - um aproveitamento de 41%.

A direção aproveita esse momento onde já jogou na rodada para trocar sua comissão técnica. Na rodada 23 do Brasileirão, o time saiu de campo derrotado para o Atlético-MG, pelo placar de 2 a 1, na última quarta-feira, em Belo Horizonte.