Grande vitória de 3 a 0 sobre o Chelsea, fora de casa, e classificação praticamente garantida para as quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa; semana perfeita para os torcedores do Bayern de Munique, correto? Não. Nesta quarta-feira, o clube alemão anunciou oficialmente que o atacante polonês Robert Lewandowski sofreu uma fratura na tíbia da articulação do joelho esquerdo durante a partida contra o Chelsea, e será desfalque por cerca de quatro semanas.

Após ter grande atuação diante do Chelsea, onde esteve em campo por 90 minutos, em Stamford Bridge - com um gol marcado e com duas assistências - o jogador teve a sua lesão constatada apenas na volta do clube à Munique, ao ser examinado pelo Dr. Hans-Wilhelm Müller-Wohlfahrt.

De acordo com o clube alemão, o tratamento de recuperação de Lewandowski será da seguinte maneira: Ficará com a perna imobilizada por cerca de 10 dias, para depois ser decidido se terá alguma intervenção cirúrgica, ou se a recuperação será feita apenas fisioterapia para tratar da lesão.

O atacante já está fora do jogo de volta contra o Blues, marcado para o dia 18 de março, de acordo com o prognóstico dado pelo próprio Bayern em seu site oficial.

Além disso, Lewandowski (39 gols em 33 jogos pelos bávaros na temporada) também perderá as partidas contra Hoffenheim, Augsburg, Union Berlin e Eintracht Frankfurt na corrida pelo título do Campeonato Alemão, e também a visita ao Schalke pelas quartas de final da Copa da Alemanha.

Se por um lado o desfalque será sentido, por outro, a situação do Bayern de Munique, em termos de prosseguimento na competição continental, não é tão ruim. O time pode perder por até 2 gols de diferença, que mesmo assim, estará nas quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa.