Bayer de Munique confirma que Wenger se ofereceu para dirigir o time, mas ele não é o favorito

“Arsène Wenger ligou para Karl-Heinz Rummenigge no meio da tarde de quarta-feira e a princípio sinalizou interesse no posto de treinador do Bayern de Munique, mas ele não é uma opção de treinador para o Bayern de Munique", revelou o clube.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Como todos já sabem, o Bayern de Munique segue em busca de um novo treinador. Após a demissão do croata Niko Kovac, o time alemão ainda está atrás de um novo comandante técnico, mas não parece estar desesperado. Em pronunciamento divulgado pelo jornal "Bild" - da Alemanha, o clube bávaro confirmou que Arsène Wenger se ofereceu ao clube, mas que não herdará o posto do croata.

"Arsène Wenger ligou para Karl-Heinz Rummenigge no meio da tarde de quarta-feira e a princípio sinalizou interesse no posto de treinador do Bayern de Munique. O Bayern valoriza muito Arsène Wenger pelo seu trabalho como técnico do Arsenal, mas ele não é uma opção de treinador para o Bayern de Munique", revelou o porta-voz do Bayern de Munique, segundo o diário alemão.

Arsène Wenger - treinador de futebol.
Arsène Wenger - treinador de futebol.

O Bayern de Munique estuda uma série de nomes para a vaga de Nico Kovac e um dos candidatos favoritos a ocupara a função, já recusou a proposta; estamos falando do holandês Erik Tem Hag, do Ajax. O profissional deixou claro que não deixará a equipe neste momento e não tem interesse em dirigir o Bayern em 2020.

Com isso, Massimiliano Allegri e Maurício Pochettino continuam na mira dos "bávaros". Porém, o nome mais forte no momento é o do português José Mourinho. Recentemente, Bastian Schweinsteiger, ídolo do clube e da seleção da Alemanha, revelou que o português gosta do time da Baviera e inclusive estava aprendendo alemão.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal