Com mais um tropeço neste último final de semana na Bundesliga, o Bayern de Munique ao empatar em 3 a 3, com o modesto Fortuna Düsseldorf, abriu brechas para boatos de uma provável contratação do técnico Arsène Wenger - ex-treinador do Arsenal para ocupar o lugar de Niko Kovac; a informação é do jornal alemão "Bild".

Arsène Wenger pode desbancar nomes como o de Zidane e Conte.
Arsène Wenger pode desbancar nomes como o de Zidane e Conte, na função de treinador do Bayern de Munique.

Ainda segundo a publicação, o nome do treinador francês estaria em alta nos "Bávaros" - mais do que o nome do compatriota Zinedine Zidane e do italiano, Antonio Conte - que também estão livres no mercado. Isso tudo em virtude a uma declaração de Wenger que disse em certa ocasião estar pronto para voltar a trabalhar e que estaria monitorando a situação do Bayern. Vale lembrar que recentemente o treinador francês recusou uma proposta para comandar o Milan - da Itália.

Um dos fatores positivos de uma chegada de Wenger no Bayern de Munique seria por sua imposição sobre os líderes do vestiário - também conhecidos por estrelas. Além dessa, por saber falar fluentemente a língua local.

Sem vencer a quatro partidas em casa, o Bayern de Munique de quebra se afastou da liderança do Campeonato Alemão, onde o Borussia Dortmund lidera com nove pontos de vantagem.

Após mais um tropeço de sua equipe, o presidente dos Bávaros - Uli Hoeness declarou o seguinte:

"O treinador no momento não é o problema. Vamos jogar contra o Benfica, pela Champions League e nosso treinador será Niko Kovac. Posteriormente a esse confronto, é que faremos uma análise da situação", declarou o mandatário dos Bávaros.