Situação delicada no Barcelona! De acordo com informações da imprensa espanhola, o clima nos bastidores do clube catalão esquentou novamente nos últimos dias por conta da crise financeira, motivada principalmente por conta do novo Coronavírus.

Segundo essa; a direção do Barcelona se reuniu com os principais nomes do time para sugerir a esses uma redução salarial dentro do elenco por um período, no entanto, Messi, Busquets, Sergi Roberto, Philippe Coutinho, Griezmann, Alba e Dembèlè foram contrários a ideia, batendo de frente com Piqué, Ter Stegen e outros que aceitaram a oferta - alias, estendendo seus vínculos por mais tempo com o clube aqui em questão.

Ainda de acordo com as últimas informações do jornal "Mundo Deportivo", a direção catalã buscava reduzir com sua ideia, o impacto financeiro negativo deste período onde o futebol ficou paralisado, buscando assim uma redução de 30% no salário do plantel - com uma extensão contratual para que esses atletas fossem recompensados no futuro, mas o clima esquentou nesta reunião.

Lionel Messi

Destes sete jogadores que recusaram a diminuírem seus salários, apenas Lionel Messi tem seu vínculo encerrando nesta temporada, os demais possuem contratos válidos entre 2022 a 2024.