Depois de anunciar a demissão de Quique Setién do cargo de treinador e antecipação das eleições presidências, o Barcelona segundo o jornal "Sport" volta a sonhar com o possível retorno de Neymar, no entanto, resta saber se esse agora vai querer retornar; ainda mais se conseguir ajudar o PSG a sagrar-se campeão da Champions League, onde nesta terça-feira fará partida decisiva pela semifinal da competição, diante do RB Leipzig, às 16h, em Portugal.

Em depoimento nesta última terça-feira, o presidente do Barcelona - Josep Maria Bartomeu prometeu uma reformulação no elenco e não descartou uma possível volta de Neymar ao clube - sendo atualmente vista como benéfica para os rumos do "Barça".

Mesmo já tendo admitido que não via a volta do camisa 10 do PSG como possível neste momento, devido a crise financeira em que vive o time da Cataluña, Bartomeu após a vexatória eliminação na Champions League e com a crise por essa agravada dentro do clube, agora vê a chegada de um craque como a "salvação" dentro e fora dos gramados.

Para que isso possa se tornar realidade, o jornal acima citado diz que a estratégia do clube já está definida. O Barcelona segundo o "Sport" pretende oferecer 60 milhões de euros ao Paris Saint-Germain e ainda incluir no pacote o atacante Antonie Griezmann como moeda de troca - atualmente o atacante francês está avaliado em cerca de 120 milhões de euros - o que daria uma quantia de 180 milhões de euros ao clube francês, caso esse venha a aceitar tal proposta.

Tudo isso conforme já declarei no início desta matéria dependerá exclusivamente de Neymar, caso esse force novamente sua saída, poderá ter essa facilitada, uma vez que o brasileiro terá ainda mais um ano de contrato com os franceses e esses temem perdê-lo de graça a partir de janeiro de 2021. Aguardemos!