Camp Nou só em 2025! Pelo menos essa é a expectativa mais otimista do vice-presidente de Finanças e Patrimônio do Barcelona - Jordi Moix. Em entrevista ao jornal "La Vanguardia"; o dirigente do time catalão declarou que a reforma do estádio do clube só deverá ficar pronto em 2025.

Tal entrevista foi publica nesta quinta-feira, onde o mesmo destaca que o término das obras de reforma do Camp Nou foram adiadas por conta dos impactos do novo Coronavírus. O Barça está ampliando seu estádio, passando de 99 mil para 105 mil lugares - além de estar instalando uma nova cobertura.

Aprovada em 2014, a obra de ampliação e reforma do estádio do Barcelona deverá custar aproximadamente 600 milhões de euros e a sua conclusão estava planejada para o próximo ano, no entanto, a obra nem mesmo começou. Moix contou que o clube irá contar com o financiamento do banco "Goldman Sachs" para viabilizar a construção.

Camp Nou - estádio do Barcelona
Camp Nou - estádio do Barcelona

"Se nós aprovarmos o orçamento para esta temporada e começarmos a construção no próximo verão, em velocidade máxima, estamos falando de quatro anos de trabalho. Isso significa a inauguração do estádio em 2025. Se tudo correr como o esperado, vejo acontecendo nesta data", afirmou Jordi Moix ao jornal acima citado.

A pandemia do novo Coronavírus que provocou uma crise financeira em diversos clubes mundiais, também provocou uma perca na casa dos 20% no atual exercício econômico do Barcelona, que esperava atingir uma receita bruta acima de 1 bilhão de euros nesta temporada. Com isso, o clube para economizar financeiramente planeja a redução de seu atual elenco para a temporada 2020/2021, conforme disse o dirigente.

"Apostamos em um estilo de futebol próprio e em jogadores das categorias de base que já estão no clube ou que chegaram recentemente, como Riqui Puig, Ansu Fati e Ronald Araujo. Também foi um acerto apostar em Pedri e Trincão, para realizar uma mudança de gerações", finalizou.