Mesmo sabendo das dificuldades enfrentadas pelo Barcelona, na atual temporada, e com a eminência de demitir seu comandante técnico ao final da mesma, Xavi Hernández - ídolo do torcedor catalão veio a público mais uma vez manifestar o seu desejo de comandar o time espanhol no futuro, mas pediu respeito por parte dos torcedores do Barcelona e da imprensa a Quique Setién.

Em entrevista ao jornal espanhol "Marca", o atual técnico do Al-Sadd - do Qatar declarou que seu objetivo maior é vir a treinar o Barça, como você pode conferir a baixo:

"Nunca escondi. Sempre disse que meu objetivo principal, é vir treinar o Barça. É a minha casa e seria um sonho. Mas agora estou focado no Al-Sadd, ansioso pela nova temporada. Quando o Barça chamar, a curto ou longo prazo veremos. Acima de tudo, Quique Setién deve ser respeitado e desejo o melhor para a equipe", declarou o ex-jogador.

Nesta mesma entrevista, o técnico do time árabe disse gostar da maneira como Setién vem trabalhando e apesar do Barcelona ter perdido o Campeonato Espanhol, ele disse ter visto boas partidas do time catalão.

"Às vezes, o Barça joga muito bem e às vezes não. Mas eu gosto da ideia de Setién, tanto agora quanto com seus times anteriores. Dominar e fazer um jogo atraente. Às vezes não é possível, é verdade, mas o rival dificulta para você. Vimos partidas do Barcelona com o Setién, definitivamente", finalizou.

Para completar, Xavi destacou Lionel Messi, seu ex-companheiro de Barcelona, onde disse acreditar que o atacante argentino chegará à próxima Copa do Mundo - a ser realizada justamente no Catar, "em alto nível".