Barcelona admite contato com Laurent Blanc, mas nega que esse tenha sido feito pelo clube e sim através de um representante que ofereceu o profissional. No entanto, o "Barça" ou pessoas próximas a direção, negam que ele seja a primeira opção, caso demitam Quique Setién ao final da temporada.

A informação que trazemos aqui foi primeiramente publicada pelo jornal espanhol "AS", nesta quinta-feira, que ainda indica que um dos maiores argumentos contra a contratação de Blanc, é pelo fato dele não comandar uma equipe desde 2016, quando deixou o Paris Saint-Germain.

A direção do Barcelona não quer pensar neste assunto agora, e com isso dar tranquilidade a equipe e a Setién para a conclusão da temporada - onde o clube catalão ainda terá a disputa da Champions League pela frente, no próximo mês de agosto.

Vale ressaltar que não existe nenhuma informação oficial com relação à busca por profissionais para comandar o Barcelona na próxima temporada. Assim como declaramos acima, antes da direção espanhola pensar em Blanc, teriam outros nomes a sua frente, bem como Xavi - ex-jogador do Barcelona e que atualmente dirige uma equipe árabe.

Outro nome ventilado para comandar o time espanhol nos últimos dias, foi um velho conhecido dos torcedores e da direção do Barcelona - aqui nos referimos a Pep Guardiola, treinador do Manchester City e que já conta com uma passagem vitoriosa pelo "Barça" como técnico.