Depois de um mal-entendido com relação à redução de salários por parte dos jogadores do Barcelona durante a paralisação por conta do Coronavírus, Lionel Messi vem a público esclarecer tal fato.

Em um comunicado oficial, o craque argentino e ídolo do time catalão declarou que ele e o restante do elenco do Barcelona irão sim, reduzir seus vencimentos em até 70% enquanto continuar essa situação de "alarme" na Espanha.

"Vamos fazer contribuições para permitir que os funcionários do clube recebam 100% dos seus pagamentos", declarou o argentino em parte deste comunicado.

Ainda em relação a esse, Messi declarou o seguinte:

"Muito se escreveu e disse sobre o elenco principal do FC Barcelona no que se refere aos salários dos jogadores durante esse período de estado de alarme. Antes de mais nada, quero deixar bem claro que nossa vontade foi sempre de aplicar uma redução no salário que recebemos, porque entendemos perfeitamente que se trata de uma situação excepcional e somos os primeiros que SEMPRE temos ajudado o clube quando esse nos pede. Incluindo muitas vezes que o fazemos por iniciativa própria, e em outros momentos que achamos importante", declarou o camisa 10 em parte do comunicado oficial apresentado a imprensa.

Messi - craque e ídolo do atual elenco do Barcelona.
Messi - craque e ídolo do atual elenco do Barcelona.

Para completar, Messi manda um forte abraço e muita força a todos os torcedores do Barcelona que estão passando por esse momento de calamidade na saúde do país e do mundo.

"Não queremos nos despedir sem enviar um afetuoso abraço e muita força a todos os torcedores que estão passando mal em momentos tão duros, assim como todos aqueles que esperam pacientemente em suas casas o final desta crise. Vamos sair dessa em breve e sairemos juntos", finalizou.