Sem conseguir reforçar seu elenco para o restante da temporada - principalmente em um dos setores mais carentes do time, a direção do Barcelona já tem seus alvos em mira para a próxima abertura do "Mercado da Bola", na metade do ano - quando aí sim os clubes buscam se reforçar com mais qualidade visando o início da temporada no futebol do "Velho Continente".

Entre esses jogadores alvos do clube catalão, está ele - claro que estou me referindo a Neymar; além dele, também surge com força o nome de Lautaro Martínez, no entanto, o orçamento poderá atrapalhar os planos dos espanhóis.

Com um custo de contratação estimado em mais de 300 milhões de euros, o clube catalão segundo informações internas dispõem apenas de 22 milhões de euros - o que sobrou das negociações com Trincão e Matheus Fernandes.

Com uma cláusula de rescisão na casa dos 111 milhões de euros por Lautaro Martínez - da Inter de Milão, Neymar por outro lado não possuiu esse problema e com o prazo de três anos passado de sua chegada ao Paris Saint-Germain, o craque brasileiro muito provavelmente terá seu valor de venda fixado pela FIFA, que deverá girar em torno de 170 milhões de euros.

Valores esses que hoje seriam impossíveis para o Barcelona, a não ser que alguns jogadores do seu atual elenco seja vendido - como se ventila com Philippe Coutinho, Rakitic e Arturo Vidal. Com as negociações, existe a expectativa de que algum dinheiro entre e o desejo de voltar a contar - principalmente com Neymar, seja concretizado.