Time de Setién tem mais posse de bola, mas perde em gols se comparado a Valverde

A média de gols do time catalão sob o comando do novo treinador é de 1 gol a cada 90 minutos - com Ernesto Valverde era de 2,17 gols por partida - o que está começando a irritar a torcida.

Por Müller
Compartilhe

Com menos gol e mais posse de bola e passes, Quique Setién já está sendo comparado a Ernesto Valverde durante a temporada atual e com isso já estão chegando às cobranças.

Mesmo estando à frente da equipe catalã a apenas três partidas - duas pelo Campeonato Espanhol e uma pela Copa do Rei, o Barcelona já deu mostras do que pode ser com os dados. É verdade que são apenas dados, mas já são sintomas do novo Barcelona.

Até a última partida de Valverde à frente do clube catalão, a posse de bola era, em média, de 64,38%. Com Setién, esse número se elevou para 77,96% se elevo - contra o Granada foi de 82,44%, contra o Ibiza 77,96% e Valencia 73,48%.

Etién - novo treinador do Barcelona.
Setién - novo treinador do Barcelona.

Segundo o Setién: "A posse faz com que o adversário se desgaste, os espaços são gerados e então você acertar. Não devemos apressar-nos", disse.

No entanto, essa posse da bola não deu ao Barça o mais importante: o gol. Se com o Valverde a média foi de 2,17 gols por jogo, com o Setién caiu para apenas 1 por jogo. Nesse sentido, se o Barça de Valverde marcou um gol a cada 41,43 minutos, agora comemora a cada 90 minutos, em média.

A três pontos do Real Madrid no campeonato nacional e classificado as oitavas-de-final da Champions League e com o Leganes no Camp Nou como próxima compromisso da Copa do Rei, o novo treinador do Barcelona vai ganhando tempo para enviar a sua mensagem à equipe, porém, se não melhorar essa média de gols, poderá ter problemas logo à frente.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal