LaLiga: Barcelona não aceita trocar mando de campo com o Real Madrid; entenda

Por motivo de conflito na Cataluña, a Federação Espanhola de Futebol sugeriu a troca de mando de campo entre Barcelona e Real Madrid, com o clássico passando a ser disputado no Santiago Bernabéu, porém, a direção do "Barça" não aceitou tal proposta.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Nada feito! Pelo menos essa é a resposta do Barcelona para a proposta de inversão de mando de campo no clássico diante do Real Madrid, no próximo dia 26 de outubro, pelo Campeonato Espanhol. A ideia partiu da "LaLiga" que organiza a competição e pela comissão anti-violência do governo local.

No entanto, a direção do clube catalão mesmos sabendo da situação política em sua região, informou a "Agência EFE" que não aceitará tal proposta, confirmando que já foi notificado pela Federação Espanhola de Futebol das solicitações - assim, o Barcelona terá três dias para apresentar argumentação sobre o caso, sendo semelhante para o Real Madrid, que poderá também apresentar seu parecer sobre a situação.

Barcelona não aceita jogar em Madrid - a partida que seria por regra mando seu.Barcelona não aceita jogar em Madrid - a partida que seria por "regra" mando seu.

Há, segundo informações do jornal "Marca", uma saída para esse imbróglio, onde a federação em questão deu também como sugestão a possibilidade do clássico entre os dois maiores times do país, ser transferido para o dia 18 de dezembro - algo que agradaria as duas direções.

Na comunidade catalã - que se auto-intitula autônoma, manifestantes estão na rua por causa da decisão do "Tribunal Supremo da Espanha" que decidiu condenar nove líderes separatistas a penas de 9 a 13 anos de prisão. Tal sentença motivou uma onda de críticas políticas e deu origem aos atos, que por sua vez estão causando bloqueios de estradas, ruas e ferrovias.

Além disso, esses mesmos grupos nesta última segunda-feira bloquearam os acessos ao aeroporto de Barcelona - o que provocou um cancelamento de 155 vôos até esta última quarta-feira, quando o mesmo voltou a funcionar normalmente - isso sem falar nos confrontos entre manifestantes e polícia local.

Por esse motivo, a "Comissão Anti-Violência" classificou o duelo entre Barcelona e Real Madrid pelo Campeonato Espanhol como de "alto-risco", configurando a situação como "caso de força maior", permitindo assim que a federação nacional realize alterações nas competições.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal