Em entrevista a rádio Catalunya, o vice-presidente do Barcelona - Jordi Cardoner falou sobre a situação de Neymar, que esteve próximo de retornar ao clube na última janela de transferências, mas que seguiu no PSG e segue com um processo judicial contra o clube catalão desde a sua saída, em 2017.

"Este é um processo longo. Estamos nas primeiras abordagens. Melhor um acordo ruim do que um conflito; estamos nos aproximando pelas beiradas", disse ele, antes de uma reunião ordinária dos parceiros comprometidos, no último domingo.

Depois de tanto tempo, Barcelona e Neymar ainda seguem com uma pendência em relação ao bônus pela renovação de contrato com o clube, ocorrido em 2017, dias antes desse se transferir para o Paris Saint-Germain. O jogador alega que tem o direito de receber um bônus pela renovação do contrato, já o clube catalão diverge deste e alega que o jogador deve pagar uma multa por quebra de contrato.

Antes da entrevista, o vice-presidente do Barcelona também comentou sobre uma reunião conciliadora entre Bartomeu e Piqué, que dias antes havia comentado publicamente sobre sua insatisfação com a atual gestão do clube - algo que já comentamos aqui em nosso site, em outra matéria.