Presidente do Barcelona mandou técnico acabar com os "intocáveis" do elenco, diz jornal

De acordo com o jornal Mundo Deportivo, o presidente do Barcelona começou a tomar decisões drásticas na rotina do clube.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Uma grande mudança de comportamento pode estar acontecendo no Barcelona. De acordo com o jornal espanhol "Mundo Deportivo", o presidente do clube blaugrana mandou o técnico Ernesto Valverde acabar com os jogadores considerados "intocáveis" no elenco do clube, a exceção de Messi.

O afto começou a ficar evidente com os novas formações da equipe. Frenkie de Jong, contratado junto ao Ajax, virou titular absoluto, e o antes intocável Ivan Rakitic hoje amarga o banco de reservas. A entrada aos poucos de Ansu Fati, jovem de 16 anos, também é outra demonstração. Sergio Busquets e Luís Suárez são constantes substituições na equipe de Valverde atualmente.

O principal fator que evidenciou este novo cenário no Barcelona foi a ida de Rakitic ao banco de reservas. Antes um dos pilares do sistema de jogo do técnico Ernesto Valverde, o meia croata esteve com o seu nome muito envolvido na possível negociação para o retorno de Neymar ao clube. Com isso, De Jong foi ganhando espaço aos poucos e conseguiu manter um alto nível de atuação, colocando o experiente camisa 4 do jogador foi para o banco de reservas.

Barcelona planeja grande reformulação para as próximas temporadas. (Foto:Record)
Barcelona planeja grande reformulação para as próximas temporadas. (Foto:Record)

A relação entre os jogadores do Barcelona com a diretoria, de fato, não é tão boa quanto se imagina. Há cerca de um mês, Messi declarou publicamente que não sabia se o Barça teria feito todo o esforço para contratar Neymar. Essa declaração caiu como uma bomba nos bastidores do clube, e a rotina interna do Barcelona tomou conta dos holofotes da maior parte da principal imprensa da Espanha. Com isso, grandes reformulações devem ser feitas na próxima janela de transferências.

Mais sobre: barcelona messi
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários