Messi pode deixar o Barcelona de graça em 2020; entenda

De acordo com o jornal espanhol Mundo Deportivo, o meia argentino tem cláusula em seu contrato que possibilita saída ao fim de cada temporada.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

A idolatria de Messi com a torcida do Barcelona é absolutamente histórica. Mais do que o resultado em campo, o argentino já colocou seu nome na história do clube catalão, e tem grandes chances de terminar a sua carreira vestindo apenas a camisa do clube blaugrana. Entretanto, O jornal Mundo Deportivo publicou nesta quinta-feira (5 de setembro) uma notícia que pode preocupar os torcedores do Barcelona para a próxima temporada. Se quiser deixar o clube em junho de 2020, o atacante Lionel Messi pode sair sem a necessidade do pagamento de uma multa rescisória.

O argentino poderia se mudar para uma liga de menor expressão, como fizeram os seus ex-companheiros de Barcelona, Xavi e Iniesta, que saíram do clube espanhol um ano antes do término de seus contratos. Para isso acontecer, bastaria apenas avisar a diretoria do clube em maio de 2020, após o término desta temporada.

,,

A cláusula de rescisão de Messi era avaliada em 700 milhões de euros (cerca de R$ 3,17 bilhões na cotação atual), mas, segundo a publicação, esse valor expirou nesta última janela. Isso ocorreu por conta de uma outra cláusula posta no último vínculo assinado pelo jogador para que esse tenha liberdade para definir seu futuro sem problemas com negociações.

O Barcelona, ainda assim, tem a tranquilidade de que o argentino não deixará a equipe tão cedo. Apesar de seu desejo de se mudar com sua família no futuro para os Estados Unidos, Messi não pensa em sair do Barça, pelo menos, até a Copa de 2022, pois quer chegar ao Mundial em bom nível técnico para chegar com chances de conquistar o troféu.

Mais sobre: barcelona messi
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal