Vidal posa para sessão de fotos na loja oficial do Barça

O chileno que jogou no Bayern de Munique entre os anos de 2015 a 2018, assinou contrato com o Barcelona por três temporadas, ou seja, de 2018 a 2021.

Por
Compartilhe

Depois de ser adquirido por 20 milhões de euros junto ao Bayern de Munique, o chileno Arturo Vidal veste a camisa do Barcelona pela primeira vez e mesmo sem ainda ser apresentado de forma oficial, promete dar a “vida em campo” para ver seu novo time vencendo.

Tido como a maior contratação do clube espanhol até aqui, nesta janela de transferências, Vidal vestiu a camisa do Barça neste domingo para uma sessão de fotos na loja oficial do clube. A apresentação oficial do meia-chileno será nesta segunda-feira, afirma a direção do clube catalão.

Vidal será apresentado nesta segunda-feira ao torcedor catalão, pelo presidente no Camp Nou.Vidal será apresentado nesta segunda-feira ao torcedor catalão, pelo presidente no Camp Nou.

Em sua primeira entrevista como novo reforço do clube espanhol, o meia declarou ao canal oficial do Barça que está muito feliz e com muita vontade de iniciar logo os treinos com os novos companheiros, além de destacar que dará a vida por seu novo clube.

“Estou muito feliz por chegar ao Barça e com muita vontade de começar a treinar logo com meus companheiros; vestir essa camisa tão grande e de fazer coisas importantes. Estar aqui é um sonho e espero cumprir todos os objetivos, quero vencer tudo e vou deixar minha vida em campo. Podem esperar muita garra, coração, ajudar a equipe a fazer que ela vença sempre. Quero vencer tudo, durante os três anos que tenho de contrato com o clube, quero conquistar todos os títulos”, declarou Arturo Vidal.

Meia chileno, Arturo Vidal é a contratação de maior impacto até agora do Barcelona para essa temporada.Meia chileno, Arturo Vidal é a contratação de maior impacto até agora do Barcelona para essa temporada.

O meia-chileno que jogou no Bayern de Munique entre os anos de 2015 a 2018, assinou contrato com o Barcelona por três temporadas, ou seja, de 2018 a 2021.

Comentários