Com os torneios no "Velho Continente" chegando ao final, muitas especulações sobre possíveis reforços, saídas e outros assuntos com relação à nova temporada começa a tomar conta da mídia esportiva da Europa e também do Mundo.

Uma dessas, por exemplo, vem chamando a atenção da Espanha, onde mesmo com possibilidade de levar o título de "LaLiga", Ronald Koeman - treinador do Barcelona pode estar a perigo no cargo, uma vez que paira sobre o profissional uma nuvem de incerteza sobre seu futuro no time catalão.

A derrota recente para o Granada e o empate com o Atlético de Madrid aumentaram a desconfiança sobre a capacidade de Koeman a frente do Barcelona, que tem ainda mais três jogos pelo Campeonato Espanhol e depende de vitórias em todos eles - contando com tropeços dos dois times importantes de Madrid que estão a sua frente para conquistar o título.

No entanto, mesmo que o Barcelona venha a conseguir ficar com a taça do Espanhol, há muita insatisfação nos bastidores do Camp Nou para com o trabalho do técnico holandês, tanto que parte da direção deste clube já deseja iniciar a nova temporada com outro comandante técnico.

Resposta de Ronald Koeman sobre a pressão

Em resposta a pressão que vem vivendo nos últimos dias dentro do clube, o treinador aqui em questão respondeu em sua última coletiva sobre esse assunto, onde destacou o seguinte:

"Essa não é uma resposta para agora, mas para depois do último jogo da temporada", comentou.

Para completar, ele ainda disse:

"Desde o primeiro dia, o presidente deu mostrar de confiança em mim. É ele quem pode tomar as decisões e, quando terminar a temporada, falaremos sobre o futuro. Não estou preocupado. Assinei um contrato por duas temporadas e me vejo aqui na temporada que vem. Se não for o caso, o presidente terá que falar comigo. Combinamos uma conversa para o final da campanha".

"Ainda restam três jogos muito importantes, duas semanas, por isso não é o momento de falar sobre futuro", finalizou.

O Barcelona na temporada atual vem desfrutando de um ano moderado, onde já conquistou a Copa do Rei - título geral que não vinha desde 2019, permanecendo vivo também na disputa pelo Campeonato Espanhol até as últimas rodadas.