Com o Paris Saint-Germain sendo eliminado nas semifinais da Champions League, o Barcelona aproveita o momento para contra-golpear o adversário francês no que tange o "mercado da bola", lembrando que o clube de Paris tem em sua mira Lionel Messi, que pertence ao time catalão.

De acordo com as últimas informações vindas da Espanha, o Barcelona para garantir a permanência de Messi por mais uma ou duas temporadas em seu elenco, prepara uma oferta para tirar Neymar do Paris Saint-Germain, indo assim na contramão do clube francês, que gostaria de contar com Messi e Neymar em seu time na temporada 2021/2022.

Um dos jornais de maior circulação na Espanha, o "AS", destacou nesta última quarta-feira a informação de que Juan Laporta - presidente do Barcelona estaria disposto a aumentar o valor da marca do clube e assim gostaria de contar com Neymar em seu elenco, onde para isso deve oferecer 100 milhões ao PSG pelo brasileiro - mas o Barcelona deve primeiramente fazer o seu dever de casa com as vendas.

Três fatores justificam o investimento

Para Laporta, a chegada de Neymar ao clube catalão o devolveria ao patamar dos grandes, com um elenco recheado de garotos comandado por Ronald Koeman e em terceiro - motivo maior para Messi assinar a sua renovação.

Agora resta saber se o clube francês que não terá a final da Champions League pela frente - seu grande sonho, aceitará essa proposta, uma vez que sendo eliminado da principal competição deste ano, o mesmo já queira se reestruturar para chegar ainda mais forte na temporada 2021/2022 e com isso ver se Neymar e Messi também não fazem parte deste plano. Essa "novela" promete fortes emoções!