Assim como já declaramos em outra oportunidade, os clubes de futebol nem sempre vivem de glórias, mas volta e meia passam alguma vergonha, com derrotas que ficarão marcadas para sempre na história do clube. Assim, hoje traremos para nossos amigos leitores, os maiores vexames do Atlético Mineiro - um dos maiores clubes brasileiros e o primeiro campeão nacional da era moderna do torneio nacional.

A eliminação deste ano na Copa do Brasil, diante do modesto Afogados de Ingazeira teria sido a maior vergonha do clube em sua história? Veremos, pois depois dessa traremos péssimas lembranças para a torcida do "Galo Mineiro".

Para tentar responder a essa pergunta acima sobre os maiores vexames na história centenária do Atlético-MG, listamos aqui as cinco maiores vergonhas do clube; vamos a elas:

Goleada na final da Copa Conmebol de 1995

O "Galo" estava a um passo de sagrar-se "bicampeão" da competição sul-americana, após golear o Rosario Central por 4 a 0 em casa - no jogo de ida, na volta o time mineiro acabou sendo dominado pelos argentinos e levou de volta a goleada, levando assim a decisão para os pênaltis, onde acabou perdendo o título.

Derrota para o Rosario Central na final da Conmebol - nos pênaltis - imagem: futebol porteño
Derrota para o Rosario Central na final da Conmebol - nos pênaltis - imagem: futebol porteño

Rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2005

Tendo sob o comando de Tite (atual treinador da Seleção Brasileira), o Galo teve uma de suas maiores vergonhas em sua história. O rebaixamento a segunda divisão do Campeonato Brasileiro em 2005, após uma péssima campanha na Série A, onde em 42 jogos, sofreu 21 derrotas.

Tite - treinador do Atlético-MG em 2005 - imagem: supersportes
Tite - treinador do Atlético-MG em 2005 - imagem: supersportes

Goleada para o Cruzeiro em 2011

O ano de 2011 não foi um dos melhores na história do Atlético. Brigando o tempo todo contra um novo rebaixamento no Brasileirão, o time mineiro só se livrou do risco de queda pouco antes do fim do torneio e de quebra poderia encerrar sua participação rebaixando seu maior rival - o Cruzeiro, no entanto, isso não ocorreu, como também levou uma surra da "Raposa" por 6 a 1; com gols marcados por Roger, Leandro Guerreiro, Anselmo Ramon, Fabrício, Wellington Paulista e Everton - Rever descontou para o "Galo".

Goleada de 6 a 1 para o Cruzeiro - lembrada até os dias de hoje - imagem: terra
Goleada de 6 a 1 para o Cruzeiro - lembrada até os dias de hoje - imagem: terra

Eliminação no Mundial de Clubes nas semifinais em 2013

Depois de ter conquistado a Libertadores da América em 2013, o Atlético-MG era o representante brasileiro no Mundial de Clubes e classificado automaticamente as semifinais do torneio, "esperava" pelo Monterrey - do México, no entanto, o adversário foi outro, o Raja Casablanca. Com uma atuação vergonhosa, o "Galo" decepcionou seus torcedores que foram ao Marrocos e viram seu time do coração ser eliminado para os donos da casa por 3 a 1 e com isso desperdiçar a sua única chance até hoje de disputar uma final de Mundial de Clubes, contra o Bayern de Munique, que acabou sagrando-se campeão.

Time de Ronaldinho Gaúcho e Cia não foi páreo para o Casablanca na semifinal do Mundial de Clubes
Time de Ronaldinho Gaúcho e Cia não foi páreo para o Casablanca na semifinal do Mundial de Clubes - imagem: terra

Eliminação para o Afogados da Ingazeira na Copa do Brasil de 2020

É amigos, chegamos a um dos vexames mais frescos na memória do torcedor atleticano e sem dúvida, a maior de todas. A eliminação do "Galo" na segunda fase da Copa do Brasil deste ano, onde em partida única o time mineiro não conseguiu superar o modesto clube do interior de Pernambuco, nos pênaltis. Lembrando que o Afogados da Ingazeira tem apenas seis anos de existência e participa pela primeira vez em sua curta história de uma edição da Copa do Brasil - o time pernambucano subiu a elite do futebol estadual em 2017.

Time modesto de Pernambuco fez a festa sobre o Galo na Copa do Brasil 2020 - imagem: globo
Time modesto de Pernambuco fez a festa sobre o "Galo" na Copa do Brasil 2020 - imagem: globo

E assim chegamos ao fim de mais uma "história" do futebol com dados reais dos clubes nacionais e internacionais. Se você gostou desta matéria, curta e compartilhe a mesma e não deixe de nos acompanhar em nosso site.