Com seu contrato chegando ao fim, nesta sexta-feira, o grande reforço do "Galo Mineiro" no ano de 2017 - o volante Elias deixará, oficialmente, de ser atleta do clube nas próximas horas.

O contrato de trabalho entre jogador e clube tem prazo de finalização em 31 de janeiro, ou seja, nesta sexta-feira. Contratado por 2,5 milhões de euros, o meio-campista, agora, está livre no mercado, mas ainda atrelado ao Galo para resolver uma dívida financeira. O clube mineiro reconhece o problema, mas contesta valores que o empresário do jogador de 34 anos alega ter.

Elias nas próximas horas deverá ter seu nome regularizado no BID e livre do Atlético-MG.
Elias nas próximas horas deverá ter seu nome regularizado no BID e livre do Atlético-MG.

De acordo com informações publicadas no site "globoesporte.com", são mais de R$ 2 milhões de débitos entre salários, direitos de imagem e bonificações. Elias que não se reapresentou na pré-temporada do Atlético em comum acordo, ainda não tem um novo clube e com isso estará nas próximas horas livre para assinar com qualquer clube de seu interesse. A diretoria alvinegra e o atleta protocolaram esta "dispensa". Entretanto, o último mês de contrato pode virar mais uma divergência entre as partes.

A relação do volante com o "Galo" durou três temporadas, onde conquistou o título Mineiro de 2017; muitas críticas, gols importantes, novelas de renovação contratual e a sensação de que a passagem do jogador, que custou R$ 8,4 milhões poderia ter sido mais glorificada.