Em uma entrevista corajosa e reveladora, Cuca - treinador do Atlético-MG desmente boatos de que havia pedido demissão do "Galo". Depois de assumir uma equipe que em média custa mais de R$ 180 milhões, montando para ganhar a Libertadores ou o Campeonato Brasileiro, com vários atletas renomados, o treinador do time mineiro vem a público desmentir qualquer informação de que estaria de saída.

Com apenas dois meses e meio de trabalho, onde lidera o Campeonato Mineiro e recém estreou na Libertadores, com um empate fora de casa; nesta última quinta-feira circulou boatos em Belo Horizonte de que Cuca havia pedido para deixar o comando técnico do "Galo", onde lembramos que nos últimos dias parte da torcida atleticana chegou a pichar os tapumes da construção do estádio do clube com os dizeres: "Fora Cuca", assim, o próprio nesta manhã de sexta-feira resolveu abrir o "verbo" em uma entrevista exclusiva para o jornalista Cosme Rímoli, em seu blog.

Confira trecho desta

"Mentira esse boato de demissão. Nem sei a intenção de quem cria essas coisas. Não me importa se os jogadores custam R$ 180 milhões, R$ 200 milhões. Estou montando um time, uma família, onde todos, estrelas ou não, se entreguem de corpo e alma. Acreditem no que estão fazendo dentro de campo. Não posso adaptar 11 esquemas diferentes para que atuem como faziam em seus antigos clubes. Estamos em busca da identidade do Atlético. E ela virá. Tenho sete estrangeiros e vários atletas com menos ano de clube. O que eu preciso, além das variações táticas para esse time é de união, um pelo outro dentro de campo. Um ajudando ao outro, só no olhar, fazendo mais quando alguém estiver sobrecarregado. Isso leva tempo e entrega de todos. Sem lugar para egos", disse ele.

Para concluir, o treinador atleticano ainda disse:

"O time já está mostrando esse potencial ofensivo. E esse será o Atlético. Sei da minha responsabilidade, da cobrança, da pressão. E aviso; é apenas o início do trabalho. Mas sei o que estou fazendo. O começo é duro, mesmo, mas estaremos pronto como time e como família. Sei o que esperam do Atlético", finalizou.