O Atlético Mineiro completa nesta quinta-feira - 25 de março, 113 anos de história. Se em 2020 o clube passou por uma reformulação depois de seguidos vexames em campo, em 2021 promete um projeto ambicioso.

O "Galo" em 2021 promete chegar forte e embalado na busca de encerrar o jejum de grandes títulos - o último se deu em 2014, com a conquista da Copa do Brasil, onde desde então conquistou apenas três estaduais.

Com algumas mudanças de planos ao longo de 2020, com as saídas de Sérgio Sette Câmara, Alexandre Mattos e Jorge Sampaoli, chegaram Sérgio Coelho, Rodrigo Caetano e Cuca, que terão a missão de levar o Atlético de volta as glórias um ano antes da possível inauguração de seu estádio próprio.

Chegadas para a temporada 2021

Para 2021, o "Galo" anunciou a chegada de grandes jogadores, bem como o atacante Hulk e o meia Nacho Fernandez, deixando bem claro o objetivo do clube para esse ano, onde lutará por conquistas e consequentemente por títulos.

50 anos sem um Brasileirão

Mesmo em busca de grandes conquistas em 2021, e com a empolgação por parte dos torcedores, o "Galo" viverá um ano de pressão, visto que essa temporada marcará 50 anos do último e único Campeonato Brasileiro conquistado pelos mineiros aqui em questão. Ambição maior dos alvinegros.

Vale lembrar que além da Série A, o time de Cuca e Cia também terá outras disputas, como o estadual, a Copa do Brasil e a Libertadores.

Comemorações

Por conta do momento vivido no país, de pandemia em alta, a direção não irá realizar uma grande comemoração, mas sim uma celebração simples, na própria sede do clube, onde ainda realizará algumas interações com os torcedores e a publicação de um vídeo especial.