Com grande investimento e planejamento desde o início de 2020, o Atlético-MG pode subir ainda mais de patamar no futebol brasileiro. Mais precisamente desde a chegada do técnico argentino Jorge Sampaoli, o Galo já neste início de 2021, acertou a compra de dois reforços: Hulk e Hyoran.

Hulk foi anunciado pelo Atlético-MG no fim da última semana. O Galo venceu a concorrência do Besiktas, da Turquia, do Porto, além do Palmeiras e do Flamengo, e acertou contrato de 2 anos, com opção de renovação por mais um ano. Os vencimentos do jogador de 34 anos de idade chegam a R$1,3 milhão/mês.

No caso de Hyoran, o Galo estava com o jogador emprestado pelo Palmeiras, desde o início da temporada. Depois de muita irregularidade e de desconfianças, o jogador teve sua permanência encaminhada, pelo valor de R$7,5 milhões por 50% dos direitos econômicos do jogador.

Balanço financeiro do Atlético-MG tem R$60 milhões em contratações

No balanço financeiro apresentado e aprovado pelo Conselho Administrativo do Atlético-MG, em novembro de 2020, o clube tem reservado aproximadamente R$60 milhões para aquisição de direitos econômicos de jogadores. Este valor é 3x maior do que o valor disponível em 2020, que era de apenas R$20 milhões.

Sendo assim, há dois cenários possíveis para o uso dos recursos financeiros para contratações:

  1. A contratação de Hulk ser colocada como parte deste recurso disponível (vale lembrar que o jogador veio sem custos), e com isso, consumir cerca de R$33,8 milhões do orçamento total. Somado ao valor da compra de Hyoran, o gasto para os dois jogadores soma-se em R$41,3 milhões. O saldo disponível seria ainda de R$18,7 milhões.

    Contratação de Hulk e permanência de Hyoran foram os primeiros investimentos do Atlético-MG em 2021. (Foto:Reprodução)
    Contratação de Hulk e permanência de Hyoran foram os primeiros investimentos do Atlético-MG em 2021. (Foto:Reprodução)
  2. A contratação de Hulk não ser colocada como aquisição de atletas: Por chegar ao Galo sem custos de contratação, há a possibilidade da contratação de Hulk ser colocada como recursos de pagamentos de salário, por exemplo. Sendo assim, apenas contabilizada a compra de Hyoran, o saldo disponível seria de R$52,5 milhões.

Nacho Fernández foi o grande investimento de 2021

Depois de Hulk, a grande contratação do Atlético-MG foi o meia argentino Nacho Fernández, principal nome do River Plate nas últimas temporadas. Depois de algumas semanas de negociação, o jogador de 31 anos de idade foi comprado pelo Galo por aproximadamente 5 milhões de dólares (cerca de R$33 milhões na cotação atual).

Com esta contratação, o Galo não deve efetuar grandes investimentos no mercado. Apenas contratações pontuais devem ser feitas pelo clube neste início de temporada.

Permanência de Sampaoli não abalou projeto

Entretanto, antes de planejar o elenco para a próxima temporada, o Atlético-MG precisava definir a permanência de Sampaoli. E, o técnico argentino anunciou sua saída do clube mineiro, rumo ao Olympique de Marselha, da França.

Para seu lugar, o nome contratado pela diretoria do Galo foi Cuca. A prioridade da direção era Renato Portaluppi, mas as negociações não evoluíram, e o treinador renovou seu contrato com o Grêmio por mais uma temporada.