Aos 34 anos de idade, Lionel Messi será o novo reforço do PSG. Após diversas tentativas de permanecer no Barcelona, o craque argentino não conseguiu fazer valer seu desejo, e o gigante francês será sua casa pelas próximas duas temporadas.

Alguns pontos foram determinantes para que o PSG e seu projeto multimilionário fizesse possível a reedição da dupla Messi e Neymar. Até o tempo ajudou a afastar a concorrência do Manchester City, que optou pela contratação de Jack Grealish, por exemplo.

Mas, para que o acordo entre Messi e PSG fosse concretizado, alguns pontos foram essenciais, principalmente no quesito financeiro, na adequação da regra do fair play financeiro, por exemplo. Confira abaixo a proposta completa do PSG ao argentino.

Maior salário do mundo, Torre Eiffel e Neymar; Como o PSG atraiu Lionel Messi

Maior salário do mundo

O principal impeditivo para a permanência de Messi no Barcelona foi a questão financeira. Por normas da La Liga, o clube catalão não conseguiu adequar o camisa 10 dentro do teto salarial do seu orçamento, mesmo com o acordo de redução em 50% do salário de Messi.

No PSG, dinheiro não será o problema: Messi aceitou um contrato de 2 temporadas, com opção de renovação por mais uma. Além disso, seu salário será de 40 milhões de euros por ano (aproximadamente R$246 milhões) livre de impostos. Seus vencimentos serão os maiores de todo o esporte mundial. Neymar, por exemplo, recebe 35 milhões de euros por temporada (cerca de R$215 milhões).

Nassr Al-Khelaifi, dono do PSG, mudou o clube de patamar no mercado dos últimos 15 anos. (Foto:Arquivo)
Nassr Al-Khelaifi, dono do PSG, mudou o clube de patamar no mercado dos últimos 15 anos. (Foto:Arquivo)

Presença de presidente e Torre Eiffel reservada

Sem dúvidas, Messi foi o desejo de todos os principais clubes europeus nos últimos. Trata-se da maior contratação dos últimos 20 anos no esporte, e por isso, a diretoria do PSG prepara uma cerimônia de recepção à altura: O presidente Emmanuel Macron deve comparecer junto ao dono do PSG, Nassr Al-Khelaifi, para recepcionar o jogador.

Além disso, o clube reservou a Torre Eiffel para a data de hoje (10). A última vez que o PSG realizou isso, foi para o anúncio de Neymar. Por fim, já existe uma estrutura montada no Parque dos Príncipes para a recepção do seu novo reforço.

Em 2017, PSG usou o principal símbolo de Paris para anunciar chegada de Neymar. (Foto:Divulgação)
Em 2017, PSG usou o principal símbolo de Paris para anunciar chegada de Neymar. (Foto:Divulgação)

Projeto esportivo bem-sucedido convenceu jogador

Ao lado do Manchester City, o PSG surgia como possível destino para Messi pelo seu projeto esportivo de muita competência nos últimos anos. Com soberania estabelecida no território nacional, o clube busca seu primeiro título da Liga dos Campeões da Europa, e vem investindo pesado nos últimos anos. Apenas a contratação de Neymar custou 222 milhões de euros.

Além de Messi, os franceses esperam convencer Mbappé a permanecer no clube. Alvo do Real Madrid, o jogador está em negociações para renovação de contrato, que deve avançar nas próximas semanas.