Geromel poderá entrar para a história do Grêmio nesta quarta

Se o Grêmio "sair campeão" essa noite da Argentina, mais um zagueiro entrará para a história do clube gaúcho.

Por
Compartilhe

Na luta pelo terceiro título da Libertadores da América nesta noite de quarta-feira, em Lanús, na Argentina, Pedro Geromel poderá ter seu nome marcado na história do “Tricolor” ao erguer a taça da Libertadores.

Na disputa pela conquista do “Tri da América” neste ano, algumas situações semelhantes às outras em que o Grêmio saiu campeão estão se mostrando e entre elas, a do personagem que carregava a braçadeira de capitão nos jogos das finais, como em 1983 e em 1995, os capitães eram zagueiros – Hugo de León e Adilson Batista, respectivamente.

Hugo de León - Campeão da Libertadores em 1983Hugo de León - Campeão da Libertadores em 1983

Hugo de León ficou no Grêmio por quatro temporadas, entre 1981 a 1984 e nesse meio, ajudou o Grêmio a erguer a primeira taça da Copa Libertadores da América e do Mundial, mas antes disso, em seu primeiro ano de clube, o zagueiro conquistou o Campeonato Brasileiro. Quando seu nome é citado nos tempos de hoje, todos logo se lembram das conquistas da América e do Mundial, onde ele ergueu as duas taças como capitão.

Adilson Batista - Campeão da Libertadores com o Grêmio em 1995.Adilson Batista - Campeão da Libertadores com o Grêmio em 1995.

Doze anos após, outro zagueiro teria a honra de erguer mais uma vez a taça mais cobiçada por clubes da América do Sul, a Libertadores – o personagem da vez era Adilson Batista, que ficou marcado como o “Capitão América”, ao ajudar seus companheiros a conquistar o Bi-Campeonato da Libertadores, em 1995. Além do torneio continental, Adilson foi o capitão nas conquistas da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro de 1996.

Pedro Geromel poderá ter a honra de erguer a taça do "Tri da América" nesta quarta-feira.Pedro Geromel poderá ter a honra de erguer a taça do "Tri da América" nesta quarta-feira.

Pedro Geromel, que poderá ter a honra de seguir os passos de Hugo de León e Adilson Batista, erguendo a Taça da Libertadores, chegou ao Grêmio em 2013 e desde lá aproveitou a oportunidade para se firmar como comandante da zaga gremista. Em 2016, o jogador conquistou o seu primeiro título com o Grêmio, o de “Penta Campeão da Copa do Brasil”. Geromel teve participação importante em um dos gols na primeira partida da decisão, contra o Atlético-MG, sendo ele o jogador que deu o passe para Éverton marcar.

É bom lembrar que boa parte das eliminações pelas quais o Tricolor Gaúcho passou nos últimos anos foi pela ausência de seu zagueiro. Grêmio e Lanús decidem nesta noite quem será o grande Campeão da Libertadores da América – 2017.

Comentários