Libertadores 2017: começa a batalha pelo título ente Grêmio e Lanús

Porto Alegre será a capital da América - após 10 meses, finalmente chegou a tão aguardada final.

Por
Compartilhe

É hoje o início da grande decisão da Copa Libertadores 2017. Mais de 55 mil pessoas são aguardadas na Arena do Grêmio – sendo 4 mil argentinos, nesta noite de quarta-feira para a primeira partida da final – o jogo está marcado para as 21h45.

Arena do Grêmio - palco da primeira final da Libertadores 2017.Arena do Grêmio - palco da primeira final da Libertadores 2017.

De um dos lados, um time multicampeão que irá em busca do “tri da américa”, do outro, um time que disputa pela primeira vez em sua história uma decisão de Libertadores. Na noite de hoje, nada parece ser mais importante no continente e nada parece ser mais relevante na vida do “Tricolor Gaúcho” e de seus “Torcedores”. Com o “slogan” “Nós vamos acabar com o planeta”, os gremistas acreditam em uma bela partida a favor de sua equipe.

Serão os primeiros 90 minutos de aflição, de nervos a flor da pele e claro, não poderia ser diferente, pois o Grêmio carrega a competição desta noite em seu DNA.

A conquista da América para o Grêmio significará ingressar em uma galeria que hoje é composta no Brasil de tão somente duas equipes – São Paulo e Santos, mas não somente isso, também significará a estabilidade financeira, como declarou durante essa semana o presidente do clube, Romildo Bolzan Júnior. Além de tudo, a conquista do “Tri da América” também levará o clube a Abu Dhabi, onde terá a oportunidade de enfrentar antes mesmo do Natal, o Real Madrid, na disputa do Mundial de Clubes.

Mais de 50 mil torcedores são esperados na Arena do Grêmio nesta noite para a grande decisão.Mais de 50 mil torcedores são esperados na Arena do Grêmio nesta noite para a grande decisão.

Mas o que realmente valerá para a torcida tricolor é a rivalidade local – ser “Tri da América” significará ultrapassar o seu maior adversário em uma disputa doméstica, recarregando as baterias de seus torcedores no que diz respeito à corneta azul e vermelha.

Voltando ao confronto desta noite, o Grêmio que fechou seus últimos treinos, faz grande mistério quanto sua escalação que irá a campo logo mais a noite. A grande dúvida de Renato é no setor defensivo do meio de campo, com a disputa entre Michel e Jaílson, mas independente de quem for a campo, a ordem do Grêmio será a de respeitar o adversário.

Em entrevista coletiva, o zagueiro e capitão, Pedro Geromel falou sobre a necessidade de sair em vantagem nesta quarta-feira para decidir o título no campo adversário, onde o mesmo exaltou a importância da torcida nesta noite.

“Nós sabemos a força deles e vamos fazer o melhor para conseguirmos uma boa vantagem. A final se decide nos detalhes. Iremos jogar em casa, com o apoio do nosso torcedor e assim vamos atrás da vantagem, independente do que aconteça. Mas não vamos nos atirar, porque são 180 minutos”, declarou ele.

Já pelo lado argentino, o Lanús que fará sua primeira decisão de Libertadores nesta quarta-feira, já tem um objetivo traçado. Segundo José Sand – ídolo da equipe, o objetivo na ida será o de impedir que o Grêmio faça gols.

“Será importante manter o placar deles zerado. Eles são uma equipe muito regular, que possuem um conjunto muito bem estruturado, vindo a perder apenas uma partida em casa – para o Barcelona, do Equador, na semifinal. Mas iremos ver no decorrer dos cinco primeiros minutos como eles irão se comportar. Assim vamos tentar realizar o que o nosso treinador nos falou”, disse o centroavante de 37 anos.

Os times deverão ir a campo com as seguintes escalações:

Grêmio - BRA:

Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jailson (Michel), Arthur, Ramiro, Luan e Fernandinho; Lucas Barrios.

Técnico: Renato Gaúcho.

Lanús - ARG:

Esteban Andrada; José Luis Gómez, Ronaldo García Guerreño, Diego Braghieri e Maximiliano Velázquez; Román Martínez, Iván Marcone e Nicolás Pasquini; Alejandro Silva, José Sand e Lautaro Acosta.

Técnico: Jorge Amirón.

Arbitragem:

Julio Bascuñan, auxiliado por Carlos Astroza e Christian Schiemann – trio chileno.

 

Mais sobre: Libertadores gremio lanus
Comentários